Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Bolsonaro diz que vice será Janaina ou príncipe Luiz Philippe

Compartilhe:
6

O pré-candidato ao Palácio do Planalto pelo PSL, Jair Bolsonaro, disse nesta 6ª feira (3.ago.2018) que está entre 2 nomes para a escolha do seu vice na disputa: o príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança e a advogada Janaina Paschoal, ambos filiados ao seu partido.

“Ou vai ser a sra. Janaina Paschoal, ou o senhor príncipe Luiz Philippe de Orleans e Bragança. [O que] está faltando é que eu estou conversando com a Janaina e ela apresenta alguns problemas familiares, porque ela tem dois filhos. Não posso ter preferência. Lógico, sempre, a gente pensa em um ‘plano B’. No momento, o ‘plano B’ é o príncipe”, declarou o capitão do Exército na reserva.

Janaina Paschoal tem 44 anos. É advogada, professora da USP e uma das autoras do pedido de impeachment contra Dilma Rousseff (PT).

Luiz Philippe de Orleans e Bragança é sobrinho do príncipe D. Luís Gastão de Orléans e Bragança, atual chefe da Casa Imperial do Brasil, tem 49 anos e é tratado como príncipe.

Bolsonaro foi entrevistado pela GloboNews. A entrevista estava marcada inicialmente para a 5ª feira (2.ago.2018), mas o candidato disse ter compromissos inadiáveis, o que forçou a emissora a remarcar o evento para ontem. O pré-candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, acabou sendo entrevistado no dia.

No mesmo horário, Bolsonaro fez uma live no Facebook e no YouTube e competiu em audiência com Alckmin.

ALIANÇAS E PRIVATIZAÇÃO DA PETROBRAS

Ele voltou a dizer que não deve se coligar com nenhuma sigla. De 1989 a 2014, nenhum candidato sem coligação avançou ao 2º turno.

Bolsonaro também disse que, se for eleito, privatizaria a Petrobras caso “não tivesse solução”“Se não tiver uma solução, eu sugiro a privatização da Petrobras. Acaba com esse monopólio estatal e ponto final. Então, é o recado que eu dou para o pessoal da Petrobras”, declarou o candidato.

 

 

Deixe seu comentário:

Menu

Blablabla

Beber cerveja ou café pode te ajudar a passar dos 90 anos, sugere estudo O estudo chamado "The 90+" acompanhou o estilo de vida e hábitos alimentares de mais de 1.800 pessoas. A cada seis meses, os participantes eram submetidos a diversos testes neurológicos, cognitivos e físicos. Os pesquisadores coletaram informações sobre suas dietas, estilos de vida, histórico médico, entre outras informações sobre saúde. A descoberta surpreendeu a todos: justamente dois dos hábitos que ajudaram os pacientes a viverem mais foram beber álcool e café todos os dias. Aqueles que tinham o hábito de beber quantidade moderada de álcool ou café diariamente provavelmente viveriam mais do que aqueles que se abstiveram. Os participantes que bebiam diariamente dois copos de cerveja ou duas taças de vinho eram 18% mais propensos a viverem mais, enquanto os amantes de café tinham 10% mais probabilidade de viverem mais tempo do que aqueles que não tinham o mesmo hábito.

Curta no Facebook

Redes sociais