Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Detran do Pará deve lançar CNH Digital até o começo de setembro - Web Radio Nova Independente

Fale conosco via Whatsapp: +55 093 992020015

No comando: Madrugada light

Das 00:00 às 05:00

No comando: Recanto Sertanejo da Nova!

Das 05:00 às 07:00

No comando: Sertanejo Bom Demais

Das 05:00 às 07:00

No comando: PAINEL SERTANEJO/Locução: Diego Elias

Das 06:00 às 07:00

No comando: CAFÉ COM BENÇÃO

Das 07:00 às 09:00

No comando: Domingo top da Nova!

Das 07:00 às 16:00

No comando: Sabadão da Nova

Das 07:00 às 16:00

No comando: PELA MANHÃ/ Locutor: ELIVALDO FERELO

Das 09:00 às 11:00

No comando: BRASIL SHOW/Locutor: Rone

Das 11:00 às 13:00

No comando: JORNAL VIROU NOTÍCIA

Das 13:00 às 13:30

No comando: PAINEL MPB/Locutor: Diego Elias

Das 13:30 às 14:30

No comando: Nossa Tarde é Show

Das 14:30 às 16:30

No comando: POP SERTANEJO/Locução: Kleber

Das 16:00 às 17:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: Super Night

Das 19:00 às 00:00

No comando: Super Noite da Nova

Das 19:00 às 00:00

No comando: A VOZ DO BRASIL/EBC

Das 19:00 às 20:00

No comando: SAMBRASIL

Das 20:00 às 22:00

No comando: LOVE SONGS/Locução: Kleber

Das 22:00 às 00:00

Detran do Pará deve lançar CNH Digital até o começo de setembro

Em fase experimental desde o início de julho, ferramenta será apresentada em coletiva de imprensa

Por: Portal ORM com informações de O Liberal8 de Agosto de 2018 às 19:27Atualizado em 8 de Agosto de 2018 às 22:57

O Departamento de Trânsito do Estado do Pará (Detran – PA) tem o dia 1º de setembro como data prevista para lançar oficialmente no Estado a CNH digital (representação eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação, com a mesma validade do documento em papel) e o talonário eletrônico (aparelho portátil usado por agentes para registrar infração de trânsito e realizar consulta sobre veículos e condutores). Em fase experimental desde o início de julho, as ferramentas serão apresentadas de forma didática, em coletiva de imprensa, para que a população não tenha dificuldades com o aparato tecnológico e possa entender os benefícios pretendidos.

De acordo o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), até o último dia 6, foram contabilizadas 293.064 CNH digitais ativas no Brasil, sendo 1.096 somente no Pará. Com esse número, o Estado aparece em 24º lugar entre as unidades federativas por emissão ativa. Em primeiro lugar está São Paulo com 59.195 emissões. Em segundo, o Rio Grande do Sul com 54.662. Em terceiro, Goiás com 31.246. Em último lugar está o Amapá com apenas 356 CNH digitais emitidas.

Segundo o Detran Pará, cerca de dois milhões de condutores estão habilitados no Estado, e a posição do Pará ainda é baixa no ranking da adesão da digital em função da novidade não ter sido apresentada oficialmente, por conta do período de ajustes. O órgão ainda não decidiu se terá taxa de adesão após o lançamento oficial. “Estamos fechando as questões jurídicas, inclusive estudando como os outros estados estão fazendo. Ainda estamos analisando se haverá taxa de adesão”, explicou Walmero. “Lançar por lançar não seria viável. Seria muito ruim tirar do ar porque não foi bem testado. No Pará, tivemos a necessidade de fazer ajuste técnico de uma forma geral. Por isso colocamos em ambiente de teste. Para ver se a ferramenta atende ao que foi proposto. E vamos saturar o sistema para que não haja equívocos. Temos o compromisso de oferecer como suporte para alcançar o interesse público”, acrescentou.

Já o talonário eletrônico foi testado no município de Salinópolis, no nordeste paraense, durante o mês de julho, dentro da Operação Verão 2018, um trabalho integrado dos órgãos do Sistema de Segurança Pública. Para o Detran do Pará, a utilização do talonário traz agilidade no atendimento ao público, tanto em uma abordagem de fiscalização comum, quanto na autuação, contribuindo para que não haja grandes congestionamentos em função das abordagens.

COMO OBTER A CNH DIGITAL

  1. Verifique se sua CNH já possui o QR Code. Caso não tenha, tire uma 2ª via no Detran;
  2. Faça o cadastro noportal de serviços do Denatran
  3. Vá pessoalmente ao Detran validar seu cadastro;
  4. Guarde o código de ativação que será gerado no site do Denatran durante a visita ao Detran;
  5. Baixe o aplicativo e insira o código de ativação;
  6. Usando o aplicativo, escaneie o QR Code da habilitação. A CNH digital aparecerá na tela. Para os próximos acessos, basta fazer login no app e o documento será exibido.

APLICATIVO

Desde o dia 1º de julho, o Ministério das Cidades e o Denatran tornaram obrigatório que todos os estados oferecessem a CNH digital. Segundo o Ministério das Cidades, a versão eletrônica tem o mesmo valor jurídico da impressa. O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) é a empresa pública que desenvolve o sistema.

Para obter a versão eletrônica, o condutor deve verificar se sua CNH já possui QR Code (código de barras bidimensional). Caso não tenha, deve tirar uma 2ª via no Detran. O motorista deve fazer o cadastro no portal de serviços do Denatran  e ir pessoalmente ao Detran validar seu cadastro para que um código de ativação seja gerado no site do Denatran. Após isso, o aplicativo deve ser baixado e o usuário deve inserir o código de ativação. Usando o aplicativo, o QR Code da habilitação deve ser escaneado. A CNH digital aparecerá na tela. Para os próximos acessos, após fazer login no app, o documento ja será exibido.

Com essa versão, a CNH tornou-se o primeiro documento brasileiro de identificação civil com representação múltipla (impressa e digital). Como documento de identificação, pode ser verificada sem acesso à internet, usando o aplicativo Lince. A verificação, por meio de qualquer outro aplicativo que não tenha sido desenvolvido pelo Serpro ou encomendado pelo Denatran, não garante a integridade dos dados contidos na CNH. Caso os dados lidos pelo QR Code sejam diferentes das informações exibidas na CNH (digital ou impressa), trata-se de uma possível falsificação.

Deixe seu comentário: