Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Bebê de 2 meses é espancado pelo pai por chorar demais - Web Radio Nova Independente

Fale conosco via Whatsapp: +55 093 99244-3397

No comando: Madrugada light

Das 00:00 às 05:00

No comando: RECANTO SERTANEJO

Das 05:00 às 07:00

No comando: Domingo top da Nova!

Das 07:00 às 16:00

No comando: Sabadão da Nova

Das 07:00 às 16:00

No comando: CAFÉ COM BENÇÃO

Das 08:00 às 09:00

No comando: Esquenta/ Locutora:

Das 09:00 às 10:00

No comando: VOCÊ QUE MANDA/Locutor:

Das 10:00 às 11:00

No comando: Top Hits/Locutor:

Das 11:00 às 12:00

No comando: JORNAL VIROU NOTÍCIA

Das 13:00 às 13:30

No comando: VELHARIA/Locução:

Das 13:00 às 14:00

No comando: Coração Sertanejo/Locução:

Das 15:00 às 17:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: BOTEQUIM SERTANEJO/Locução: ELENILTON BATISTA

Das 17:00 às 19:00

No comando: Super Night

Das 19:00 às 00:00

No comando: Super Noite da Nova

Das 19:00 às 00:00

No comando: A VOZ DO BRASIL/EBC

Das 19:00 às 20:00

No comando: Top Hits Noturno

Das 20:00 às 21:00

No comando: Velharia Noturno

Das 21:00 às 22:00

No comando: Ponto do Amor/

Das 22:00 às 00:00

Bebê de 2 meses é espancado pelo pai por chorar demais

O estado da criança é considerado grave

Com informações do Metrópoles

Um bebê de apenas 2 meses foi espancado pelo próprio pai, de 20 anos, por ‘chorar demais’. Ele está internado em estado grave no Hospital Armando Vidal, no Rio de Janeiro. O caso aconteceu na última sexta-feira (2).

O bebê foi levado ao hospital pela mãe e seu agressor. O casal foi levado à delegacia após a equipe médica do hospital ter constatado lesões corporais visíveis e recentes.

A criança chegou ao hospital com diversas lesões, como afundamento de crânio, fratura de costelas e mordidas pelo corpo, inclusive em estágios diversos de evolução, o que, segundo a polícia, tende a caracterizar a denominada síndrome de Silverman, mais conhecida como síndrome da criança espancada.

Antes de o pai confessar o crime, a mãe, de 21 anos, chegou a dizer que ela e o bebê teriam sido sequestrados por homens não identificados, após saírem de casa à procura do marido, que teria saído cedo sem dizer aonde ia. Segundo ela, os supostos criminosos teriam colocado ela e o bebê em um veículo, onde teriam agredido somente a criança e depois liberado os dois.

Ambos aguardam a transferência para a Audiência de Custódia. O bebê passa por uma cirurgia.

Deixe seu comentário: