Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Bebida alcoólica consumida em qualquer quantidade pode causar danos ao cérebro, aponta estudo - Web Radio Nova Independente

Fale conosco via Whatsapp: +55 093 99244-3397

No comando: Madrugada light

Das 00:00 às 05:00

No comando: RECANTO SERTANEJO

Das 05:00 às 07:00

No comando: Domingo top da Nova!

Das 07:00 às 16:00

No comando: Sabadão da Nova

Das 07:00 às 16:00

No comando: CAFÉ COM BENÇÃO

Das 08:00 às 09:00

No comando: Esquenta/ Locutora:

Das 09:00 às 10:00

No comando: VOCÊ QUE MANDA/Locutor:

Das 10:00 às 11:00

No comando: Top Hits/Locutor:

Das 11:00 às 12:00

No comando: JORNAL VIROU NOTÍCIA

Das 13:00 às 13:30

No comando: VELHARIA/Locução:

Das 13:00 às 14:00

No comando: Coração Sertanejo/Locução:

Das 15:00 às 17:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: BOTEQUIM SERTANEJO/Locução: ELENILTON BATISTA

Das 17:00 às 19:00

No comando: Super Night

Das 19:00 às 00:00

No comando: Super Noite da Nova

Das 19:00 às 00:00

No comando: A VOZ DO BRASIL/EBC

Das 19:00 às 20:00

No comando: Top Hits Noturno

Das 20:00 às 21:00

No comando: Velharia Noturno

Das 21:00 às 22:00

No comando: Ponto do Amor/

Das 22:00 às 00:00

Bebida alcoólica consumida em qualquer quantidade pode causar danos ao cérebro, aponta estudo

OXFORD

Cientistas notaram que o consumo de álcool tinha um efeito na massa cinzenta do cérebro

21 MAI 2021 – 09H11ATUALIZADO 21 MAI 2021 – 09H13POR DA REDAÇÃO
Pesquisadores da Universidade de Oxford estudaram a relação entre o consumo auto-relatado de álcool de cerca de 25 mil pessoas no Reino Unido e suas varreduras cerebrais. A pesquisa, observacional, que ainda não foi revisada por pares, aponta que não existe um nível “seguro” de consumo bebida alcoólica

Os cientistas notaram que o consumo de álcool tinha um efeito na massa cinzenta do cérebro – regiões cerebrais que constituem “partes importantes onde a informação é processada”, de acordo com a autora principal Anya Topiwala, pesquisadora clínica sênior de Oxford.

“Quanto mais as pessoas bebiam, menor era o volume de sua massa cinzenta”, disse Topiwala por e-mail.

“O volume do cérebro diminui com a idade e mais severamente com a demência. O volume do cérebro diminuído também prediz pior desempenho nos testes de memória”, explicou ela.

“Embora o álcool tenha demonstrado apenas uma pequena contribuição para isso (0,8%), foi um desempenho maior do que outros fatores de risco ‘modificáveis'”, disse ela, explicando que os fatores de risco modificáveis são “aqueles pelos quais você pode fazer algo, em contraste com o envelhecimento”.

Os pesquisadores também não encontraram evidências de que o tipo de bebida – como vinho, destilados ou cerveja – afetou os danos ao cérebro. Os riscos do álcool são conhecidos há muito tempo: estudos anteriores descobriram que não há quantidade de bebida alcoólica, vinho ou cerveja que seja segura para sua saúde em geral.

Com informações da CNN

Deixe seu comentário: