Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Bolsonaro sanciona lei que muda direitos de transmissão  - Web Radio Nova Independente

Fale conosco via Whatsapp: +55 093 99244-3397

No comando: Madrugada light

Das 00:00 às 05:00

No comando: RECANTO SERTANEJO

Das 05:00 às 07:00

No comando: Domingo top da Nova!

Das 07:00 às 16:00

No comando: Sabadão da Nova

Das 07:00 às 16:00

No comando: CAFÉ COM BENÇÃO

Das 08:00 às 09:00

No comando: Esquenta/ Locutora:

Das 09:00 às 10:00

No comando: VOCÊ QUE MANDA/Locutor:

Das 10:00 às 11:00

No comando: Top Hits/Locutor:

Das 11:00 às 12:00

No comando: JORNAL VIROU NOTÍCIA

Das 13:00 às 13:30

No comando: VELHARIA/Locução:

Das 13:00 às 14:00

No comando: Coração Sertanejo/Locução:

Das 15:00 às 17:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: BOTEQUIM SERTANEJO/Locução: ELENILTON BATISTA

Das 17:00 às 19:00

No comando: Super Night

Das 19:00 às 00:00

No comando: Super Noite da Nova

Das 19:00 às 00:00

No comando: A VOZ DO BRASIL/EBC

Das 19:00 às 20:00

No comando: Top Hits Noturno

Das 20:00 às 21:00

No comando: Velharia Noturno

Das 21:00 às 22:00

No comando: Ponto do Amor/

Das 22:00 às 00:00

Bolsonaro sanciona lei que muda direitos de transmissão 

A partir de agora, o time que joga em casa poderá decidir que transmitirá seus jogos, independente do contrato do time visitante.

 segunda-feira, 20/09/2021, 09:42 – Atualizado em 20/09/2021, 09:42 –  Autor: Lucas Contente

Opresidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido), sancionou a chamada “Lei do Mandante”. Ela altera as regras de comercialização dos direitos de transmissão dos clubes brasileiros.

A partir de agora, o clube que tiver o mando de campo, ou seja, que jogar em casa, poderá negociar o direito de transmitir da partida, independente dos contratos firmados pelo time visitante.

A Lei Pelé, de 1998, previa que o direito de transmissão de um evento pertencia aos dois clubes, sem levar em consideração o mando. Isso fazia com que o jogo só ser transmitido se as duas equipes tivessem contrato com a mesma empresa.

LEIA TAMBÉM:

Desde 2020 os clubes tentavam fazer com que mudasse a legislação. O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), chegou a editar uma medida provisória, no entanto, a mesma não teve aprovação do senado.

A lei diz que os times que possuem contrato em vigor com alguma empresa, não poderão alterar o atual formato, pelo menos até que esse contrato termine.

E MAIS – Edenilson exalta importância da vitória sobre o Fortaleza: “Três pontos cruciais”

Deixe seu comentário: