Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Frente de Defesa dos Povos Indígenas lança plano de enfrentamento da covid-19 nesta segunda, 29 - Web Radio Nova Independente

Fale conosco via Whatsapp: +55 093 992020015

No comando: Madrugada light

Das 00:00 às 05:00

No comando: RECANTO SERTANEJO

Das 05:00 às 07:00

No comando: Domingo top da Nova!

Das 07:00 às 16:00

No comando: Sabadão da Nova

Das 07:00 às 16:00

No comando: CAFÉ COM BENÇÃO

Das 08:00 às 09:00

No comando: Esquenta/ Locutora:

Das 09:00 às 10:00

No comando: VOCÊ QUE MANDA/Locutor:

Das 10:00 às 11:00

No comando: Top Hits/Locutor:

Das 11:00 às 12:00

No comando: JORNAL VIROU NOTÍCIA

Das 13:00 às 13:30

No comando: VELHARIA/Locução:

Das 13:00 às 14:00

No comando: Coração Sertanejo/Locução:

Das 15:00 às 17:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: BOTEQUIM SERTANEJO/Locução: ELENILTON BATISTA

Das 17:00 às 19:00

No comando: Super Night

Das 19:00 às 00:00

No comando: Super Noite da Nova

Das 19:00 às 00:00

No comando: A VOZ DO BRASIL/EBC

Das 19:00 às 20:00

No comando: Top Hits Noturno

Das 20:00 às 21:00

No comando: Velharia Noturno

Das 21:00 às 22:00

No comando: Ponto do Amor/

Das 22:00 às 00:00

Frente de Defesa dos Povos Indígenas lança plano de enfrentamento da covid-19 nesta segunda, 29

PANDEMIA

29 JUN 2020 – 04H58ATUALIZADO 28 JUN 2020 – 19H02
O plano Emergência Indígena de Enfrentamento à Covid-19 será lançado na segunda-feira, 29, às 14h, durante evento online da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Povos Indígenas. A ação orienta e unifica forças para o combate do novo coronavírus entre os povos originários.
Denominado Emergência Indígena, o documento abrange orientações sobre cuidado integral e diferenciado, ações judiciais de incidência política e estratégias de comunicação e informação sobre medidas de prevenção. O objetivo do plano é levantar fundos para promover ações diretas de cooperação para o enfrentamento da covid-19. O Emergência Indígena também colabora com a orientação de organizações indígenas e indigenistas na construção de planos de ações locais enquanto durar a pandemia e prevê ainda campanhas de pressão política para o que o Estado brasileiro cumpra seu papel.

O plano é resultado das deliberações que ocorreram na Assembleia Nacional da Resistência Indígena, realizada no início de maio. Durante o encontro, lideranças indígenas, pesquisadores e ativistas apresentaram um panorama geral a partir dos contextos locais para, então, identificar as principais demandas no combate ao novo coronavírus.

O Comitê Nacional pela Vida e Memória Indígena, também criado durante a assembleia, contabiliza atualmente (dados registrados até 25 de junho): 365 óbitos, 8.847 infectados distribuídos entre 113 povos indígenas em todas as regiões brasileiras. “Tais mortes indígenas não são apenas números, são pessoas, memórias e  histórias dos povos que encontram-se sob forte ameaça”, destaca o documento. Lideranças denunciam que agentes do Governo Federal e do agronegócio figuram entre os principais vetores da chegada do vírus dentro de territórios.

Além disso, o Emergência Indígena alerta para estratégia de subnotificação para minimizar os impactos causados pela crise sanitária decorrente da pandemia.

O próximo evento relacionado ao plano de enfrentamento é um festival online internacional para arrecadação de fundos que vão financiar organizações indígenas e não indígenas em ações de prevenção e atendimento aos povos afetados em todo o Brasil.

Fonte: Ascom Apib

Deixe seu comentário: