Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Professoras são estupradas dentro de escola invadida por três homens no Pará - Web Radio Nova Independente

Fale conosco via Whatsapp: +55 093 99244-3397

No comando: Madrugada light

Das 00:00 às 05:00

No comando: RECANTO SERTANEJO

Das 05:00 às 07:00

No comando: Domingo top da Nova!

Das 07:00 às 16:00

No comando: Sabadão da Nova

Das 07:00 às 16:00

No comando: CAFÉ COM BENÇÃO

Das 08:00 às 09:00

No comando: Esquenta/ Locutora:

Das 09:00 às 10:00

No comando: VOCÊ QUE MANDA/Locutor:

Das 10:00 às 11:00

No comando: Top Hits/Locutor:

Das 11:00 às 12:00

No comando: JORNAL VIROU NOTÍCIA

Das 13:00 às 13:30

No comando: VELHARIA/Locução:

Das 13:00 às 14:00

No comando: Coração Sertanejo/Locução:

Das 15:00 às 17:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: BOTEQUIM SERTANEJO/Locução: ELENILTON BATISTA

Das 17:00 às 19:00

No comando: Super Night

Das 19:00 às 00:00

No comando: Super Noite da Nova

Das 19:00 às 00:00

No comando: A VOZ DO BRASIL/EBC

Das 19:00 às 20:00

No comando: Top Hits Noturno

Das 20:00 às 21:00

No comando: Velharia Noturno

Das 21:00 às 22:00

No comando: Ponto do Amor/

Das 22:00 às 00:00

Professoras são estupradas dentro de escola invadida por três homens no Pará

BARBÁRIE

Menor de idade foi reconhecido como autor do crime. A princípio, ele negou, mas em seguida confessou assumindo toda a culpa

 sexta-feira, 19/02/2021, 08:03 – Atualizado em 19/02/2021, 08:07 –  Autor: Diario Online

 

Duas professoras foram estupradas dentro de uma escola no bairro São Cristóvão, em Igarapé Açu, nordeste paraense. Três homens invadiram o local e um deles confessou ter praticado sozinho o crime no início da tarde de quinta-feira (18).

Policias Militares faziam ronda no local quando foram informados sobre o ocorrido e foram até a escola. No local, testemunhas informaram para onde os acusados teriam ido. Um deles, menor de idade estava em casa quando os agentes de segurança chegaram.

O acusado foi conduzido até a delegacia para reconhecimento das vítimas. Mesmo negando fazer parte dos estupros, o jovem foi reconhecido.

A cueca do acusado que ficou na escola e foi levada para a delegacia, foi reconhecida pela mãe do menor como sendo dele.

Já no final da noite, o infrator disse ao delegado Augusto Damasceno, responsável pelo caso, que foi apenas ele quem cometeu a violência contra as duas pessoas.

Deixe seu comentário: