Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Pará registra queda nos índices de violência pelo 20º mês consecutivo - Web Radio Nova Independente

Fale conosco via Whatsapp: +55 093 992020015

No comando: Madrugada light

Das 00:00 às 05:00

No comando: RECANTO SERTANEJO

Das 05:00 às 07:00

No comando: Domingo top da Nova!

Das 07:00 às 16:00

No comando: Sabadão da Nova

Das 07:00 às 16:00

No comando: CAFÉ COM BENÇÃO

Das 08:00 às 09:00

No comando: Esquenta/ Locutora:

Das 09:00 às 10:00

No comando: VOCÊ QUE MANDA/Locutor:

Das 10:00 às 11:00

No comando: Top Hits/Locutor:

Das 11:00 às 12:00

No comando: JORNAL VIROU NOTÍCIA

Das 13:00 às 13:30

No comando: VELHARIA/Locução:

Das 13:00 às 14:00

No comando: Coração Sertanejo/Locução:

Das 15:00 às 17:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: BOTEQUIM SERTANEJO/Locução: ELENILTON BATISTA

Das 17:00 às 19:00

No comando: Super Night

Das 19:00 às 00:00

No comando: Super Noite da Nova

Das 19:00 às 00:00

No comando: A VOZ DO BRASIL/EBC

Das 19:00 às 20:00

No comando: Top Hits Noturno

Das 20:00 às 21:00

No comando: Velharia Noturno

Das 21:00 às 22:00

No comando: Ponto do Amor/

Das 22:00 às 00:00

Pará registra queda nos índices de violência pelo 20º mês consecutivo

AÇÕES DE SEGURANÇA

 sexta-feira, 11/09/2020, 10:04 – Atualizado em 11/09/2020, 10:04 –  Autor: Agência Pará

a contramão do que ocorre em diversas unidades da federação, o Pará continua apresentando redução nos números de crimes violentos letais contra a vida. Um estudo feito pelo Monitor da Violência aponta que o Pará foi o segundo Estado que mais reduziu os crimes no primeiro semestre. A Secretaria Adjunta de Inteligência e Análise Criminal (Siac), vinculada à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), aferiu a redução de 24% nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que reúne homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte.

O levantamento compara as ocorrências registradas de janeiro a agosto dos anos de 2019 (2.023 crimes foram computados) e 2020 (1.534 registros foram contabilizados). Nesse período, 489 vidas foram preservadas. Os dados foram divulgados na quinta-feira (10), e confirmam que as ações policiais presentes por todo o Estado permanecem trazendo resultados positivos quantitativamente e nas vidas das pessoas.

Diminuição também no número de homicídios, que caiu 24%. No ano passado, de janeiro a agosto, 1.909 ocorrências foram computadas. Em 2020, o total foi de 1.444. Ou seja, 465 registros a menos. O roubo diminuiu 30%. No ano passado, 57.905 ocorrências foram contabilizadas, esse ano, no mesmo período, foram 40.264, o que resulta em 17.641 casos a menos.

“O que estamos alcançando e mostrando para a sociedade, mês a mês, é o resultado de um trabalho integrado, que tem o objetivo de proporcionar segurança a todos” – Ualame Machado, titular da Segup.

Agosto

Ao comparar o mês de agosto de 2019 com o mesmo período deste ano, observou-se a diminuição de 14% em crimes envolvendo CVLI, com 213 casos computados no ano passado e 183 em 2020, resultando em 30 crimes a menos. Comparando todos os meses de agosto, desde 2010, o último mês computou menos ocorrências de crimes violentos. Ao comparar agosto de 2020 com agosto de 2018, a redução alcança 45%, com a redução de 150 registros, quando 333 crimes ocorreram.

O número de homicídios reduziu 15% ao comparar o mês de agosto de 2019 e 2020. Ano passado, 205 ocorrências foram computadas e esse ano 174, com 31 crimes a menos. Ao fazer a comparação entre os anos de 2020 e 2018 a diminuição foi de 44%, com 137 ocorrências a menos. Em 2018, 311 ocorrências foram registradas.

“Com a maior presença da polícia nas ruas e mais qualidade nas investigações que levam até os criminosos, o resultado é a redução de crimes. Estamos no oitavo mês de queda consecutiva em 2020 e no 20º mês da nossa gestão. Ainda para esse semestre teremos mais investimentos como a aquisição de lanchas blindadas, reforma do Instituto de Segurança Pública (IESP), qualificação para agentes municipais de todo o Estado, além de outros investimentos que terão o seu processo iniciado ainda esse ano para serem concluídos em 2021”, ressalta o secretário de Segurança Pública e Defesa Social do Pará, Ualame Machado.

Leia mais:

Setembro Amarelo: Igeprev inicia ação de prevenção ao suicídio

Começa hoje audiência de instrução e julgamento do comparsa do ‘Maníaco de Marituba’ 

Roubos

Os casos de roubos, em agosto, apresentaram uma diminuição de 24%, com 1.796 casos a menos, no Estado. No ano passado, foram 7.333 registros computados e 5.537 em 2020. Agosto de 2020 foi o melhor mês, com menos ocorrências, ao comparar com o mês oito dos anos anteriores. O roubo a transeunte diminuiu 25%, com 5.957 casos em 2019 e, neste ano, 4.495, apontando uma diferença no número absoluto de 1.462 roubos a transeuntes a menos, no Pará.

O roubo de veículos caiu 47%, com 143 registros a menos, comparando agosto dos anos de 2019 e 2020, com 306 e 163 casos registrados, respectivamente, em todo o Pará. O roubo a coletivo alcançou a redução de 72% com 18 ocorrências a menos. No ano passado e neste ano, 25 e sete registros foram computados, respectivamente.

Região Metropolitana de Belém

Os Crimes Violentos Letais Intencionais reduziram 26% no mês de agosto, na Região Metropolitana de Belém. Foram registradas 53 ocorrências em 2019 e 39 esse ano, com 14 registros a menos. Nos últimos dez anos, esse foi o melhor mês de agosto na RMB.

O índice de homicídio reduziu 29%, com 52 e 37 ocorrências computadas no mês de agosto, dos anos de 2019 e 2020, resultando na preservação de 15 vidas.

O roubo caiu 26% na RMB, no mês de agosto. O total de ocorrências registradas no ano passado foi de 4.403 e em 2020 resultou em 3.251, com a redução de 1.152 roubos. O mês de agosto de 2020 foi o que teve o menor número de registros ao comparar todos os meses de agosto, desde o ano de 2010.

Dados acumulados

Os Crimes Violentos Letais Intencionais tiveram uma diminuição de 39%, nos oito meses do ano, na Região Metropolitana. Foram computadas 526 ocorrências no ano passado e 322 em 2020, preservando, assim, 204 vidas. O crime de homicídio reduziu 39% ao comparar o período de janeiro a agosto de 2019 e 2020, na RMB. Foram computados 488 e 301 casos, ano passado e esse ano, respectivamente, havendo, portanto, a diminuição de 170 ocorrências, na RMB.

Em toda a RMB, no período de janeiro a agosto, houve a redução de 36% no número de roubos. Foram 35.064 ocorrências em 2019 e 22.482 em 2020, totalizando a redução de 12.582 registros.

Feminicídio

O crime de feminicídio registrou, no ano passado, 26 ocorrências e neste ano, 52, em todo o Estado. Para fazer denúncias sobre esses tipos de crimes e outras formas de violência, qualquer pessoa pode enviar mensagens para o WhatsApp do Disque Denúncia (91) 98115-9181 ou ligar para 181. Se precisar de atuação policial imediata, basta ligar para o Centro Integrado de Operações (Ciop) – 190.

Deixe seu comentário: