Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Paraense preso por tráfico de drogas tem processo arquivado pela Justiça portuguesa - Web Radio Nova Independente

Fale conosco via Whatsapp: +55 093 99244-3397

No comando: Madrugada light

Das 00:00 às 05:00

No comando: RECANTO SERTANEJO

Das 05:00 às 07:00

No comando: Domingo top da Nova!

Das 07:00 às 16:00

No comando: Sabadão da Nova

Das 07:00 às 16:00

No comando: CAFÉ COM BENÇÃO

Das 08:00 às 09:00

No comando: Esquenta/ Locutora:

Das 09:00 às 10:00

No comando: VOCÊ QUE MANDA/Locutor:

Das 10:00 às 11:00

No comando: Top Hits/Locutor:

Das 11:00 às 12:00

No comando: JORNAL VIROU NOTÍCIA

Das 13:00 às 13:30

No comando: VELHARIA/Locução:

Das 13:00 às 14:00

No comando: Coração Sertanejo/Locução:

Das 15:00 às 17:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: BOTEQUIM SERTANEJO/Locução: ELENILTON BATISTA

Das 17:00 às 19:00

No comando: Super Night

Das 19:00 às 00:00

No comando: Super Noite da Nova

Das 19:00 às 00:00

No comando: A VOZ DO BRASIL/EBC

Das 19:00 às 20:00

No comando: Top Hits Noturno

Das 20:00 às 21:00

No comando: Velharia Noturno

Das 21:00 às 22:00

No comando: Ponto do Amor/

Das 22:00 às 00:00

Paraense preso por tráfico de drogas tem processo arquivado pela Justiça portuguesa

05 JUL 2019 – 10H44ATUALIZADO 05 JUL 2019 – 11H05
O advogado está embarcando para Belém e chega às 12:40. Está disponível para receber a imprensa para tirar dúvidas.

O empresário paraense José Pereira, de 71 anos, preso em Lisboa, acusado de tráfico internacional de drogas, teve o processo arquivado. A Justiça Portuguesa alegou falta de provas. O paraense não responderá a nenhum processo em Portuguel, nem no Brasil.

Preso há quase 50 dias, seu José ficou confinado, em cela comum, com pessoas acusadas de diversos crimes em Portugal. A defesa afirmou que irá processar a Justiça portuguesa por mantê-lo preso sem provas suficientes.

O paraense José Pereira, foi preso na capital portuguesa, no dia 15 de maio, no Aeroporto Humberto Delgado, depois de ser flagrado com 11 quilos de pasta-base de cocaína em uma mala. A família diz que ele foi vítima de um golpe.

Segundo informou o advogado de defesa, José Pereira e esposa chegam à capital paraense na noite desta sexta-feira (05), para o reencontro com a família.

Deixe seu comentário: