Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Presidente do Papão quer Re-Pa pela manhã - Web Radio Nova Independente

Fale conosco via Whatsapp: +55 093 992020015

No comando: Madrugada light

Das 00:00 às 05:00

No comando: Recanto Sertanejo da Nova!

Das 05:00 às 07:00

No comando: Domingo top da Nova!

Das 07:00 às 16:00

No comando: Sabadão da Nova

Das 07:00 às 16:00

No comando: CAFÉ COM BENÇÃO

Das 08:00 às 09:00

No comando: MICROFONIA/Locutor: Kelvin Oliveira & Vanessa

Das 09:00 às 10:00

No comando: MANDEI BEM/Locutor: Diego Elias

Das 10:00 às 11:00

No comando: ANTENA MIX/ Locutora: Pam Giacomini

Das 11:00 às 12:00

No comando: MÁQUINA DO TEMPO/Locução:

Das 12:00 às 13:00

No comando: JORNAL VIROU NOTÍCIA

Das 13:00 às 13:30

No comando: Nossa Tarde é Show

Das 13:30 às 15:00

No comando: LAÇO DO PEÃO/Locução:

Das 15:00 às 17:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: Jornada Esportiva da Nova!

Das 16:00 às 19:00

No comando: RECANTO SERTANEJO/Locução: ELENILTON BATISTA

Das 17:00 às 19:00

No comando: Super Night

Das 19:00 às 00:00

No comando: Super Noite da Nova

Das 19:00 às 00:00

No comando: A VOZ DO BRASIL/EBC

Das 19:00 às 20:00

No comando: AMOR SEM FIM/Locução:Vanessa Medeiros

Das 22:00 às 00:00

Presidente do Papão quer Re-Pa pela manhã

Segunda-Feira, 28/01/2019, 08:28:40 – Atualizado em 28/01/2019, 08:35:47

O clássico Re-Pa do dia 17 de fevereiro, o primeiro do Parazão 2019, poderá acontecer pela manhã, no Mangueirão, pela quarta rodada da competição. Pelo menos esse é o desejo do presidente do Paysandu, Ricardo Gluck Paul, que poderá propor a ideia à direção do maior rival, conforme informou, ontem, à reportagem do Bola.

“Essa conversa nem existe ainda, mas eu defendo essa ideia, esse horário”, declarou Gluck Paul. “Os mineiros, Cruzeiro e Atlético, jogaram hoje (ontem) nesse horário e conseguiram ter um público muito bom. Foram 40 mil pessoas no estádio”, exemplificou. “Jogar pela manhã dá uma certeza maior de que o jogo não será com chuva”.

Gluck Paul destacou, ainda, que o tempo chuvoso traz prejuízos em todos os sentidos. “Todos acabam perdendo. Perdem os times, que têm de jogar em gramado pesado, prejudicando o espetáculo, e perdem os clubes, que não podem contar com grandes público”, disse. O dirigente salientou que a ideia poderá até ser levada adiante, desde que o outro lado, o Remo concorde com ela. “Por mim eu faria esse Re-Pa pela manhã. Pode até ser que eu venha a propor a ideia ao adversário. Vamos ver”, declarou. Por enquanto, o Re-Pa está marcado para às 16h do próximo dia 17.

Deixe seu comentário: